EDUCAÇÃO

Eleições 2022: PSB se reúne com mãe de Gil do Vigor e estreita laços políticos com Jacira Santana

Durante encontro também estavam a deputada Simone Santana e a secretária nacional de mulheres do PSB, Dora Pires, na sede do partido.

Publicada em 25/05/21 às 16:42h - 2 visualizações

por Ricardo Lélis/Portal de Prefeitura


Compartilhe
Compartilhar a notícia Eleições 2022: PSB se reúne com mãe de Gil do Vigor e estreita laços políticos com Jacira Santana  Compartilhar a notícia Eleições 2022: PSB se reúne com mãe de Gil do Vigor e estreita laços políticos com Jacira Santana  Compartilhar a notícia Eleições 2022: PSB se reúne com mãe de Gil do Vigor e estreita laços políticos com Jacira Santana

Link da Notícia:

Eleições 2022: PSB se reúne com mãe de Gil do Vigor e estreita laços políticos com Jacira Santana
Eleições 2022: PSB se reúne com mãe de Gil do Vigor e estreita laços políticos com Jacira Santana.  (Foto: Redes Sociais)
Mirando nas eleições de 2022, o Presidente do PSB de Pernambuco, Sileno Guedes, recebeu na segunda-feira, 24 de maio, a mãe do ex-BBB Gil do Vigor, Jacira Santana. Também estiveram no encontro estavam a deputada Simone Santana e a secretária nacional de mulheres do PSB, Dora Pires.

Guedes publicou em seu perfil no Instagram a reunião, afirmando que está estreitando os laços políticos, e também debater políticas igualitárias.

“Foi um grande prazer receber hoje na sede do @psbpernambuco, Jacira Santana, mãe do pernambucano Gil do vigor @gilnogueiraofc , a deputada Simone Santana e a secretária nacional de mulheres do PSB, Dora Pires, para estreitar ainda mais os laços políticos e debater sobre uma política igualitária, participativa e para todos e todas.”

Apoio de Lula ao PSB

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse, nesta quarta-feira (19), que pretende manter diálogos com o governador Paulo Câmara e com outros integrantes do PSB sobre as eleições de 2022.

“Não faço política olhando apenas as coisas erradas e ruins, olho as coisas boas. O PSB já lançou candidato contra mim duas vezes e não tem problema, em 2002, o PSB lançou o Garotinho e eu tratei com muita tranquilidade, e no segundo turno chamei Garotinho para trabalhar comigo”, disse.

O petista falou sobre a possibilidade de uma aliança para enfrentar o presidente Jair Bolsonaro.

“Vou continuar trabalhando nisso, a possibilidade de uma aliança para enfrentar Bolsonaro e reconquistar a democracia no nosso país. Se não for possível, porque cada partido tem o direito de ter candidatura própria, é um direito. Eu mesmo sofri muito antes e a minha persistência me chegar onde cheguei. Eu posso conversar com os companheiros do PSB para ver o que podemos fazer para consertar o país. Bolsonaro é carta fora do baralho”, afirmou Lula.

Quanto ao PSB, Lula disse que o partido tem relação histórica com o PT e que, apesar da disputa do segundo turno do Recife em 2020 entre João Campos e Marília Arraes, em sua avaliação, os dois partidos precisam manter as ligações.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (00)00000-0000

Visitas: 14823
Copyright (c) 2022 - Rádio Web UPE - Uma Rádio da Universidade de Pernambuco