noticias59 Seja bem vindo ao nosso site Rádio Web UPE!

Institucional

Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e CNPq lançam edital para apoiar 20ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

Publicada em 31/05/23 às 14:53h - 42 visualizações

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO


Compartilhe
Compartilhar a noticia Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e CNPq lançam edital para apoiar 20ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia  Compartilhar a noticia Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e CNPq lançam edital para apoiar 20ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia  Compartilhar a noticia Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e CNPq lançam edital para apoiar 20ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

Link da Notícia:

Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e CNPq lançam edital para apoiar 20ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia
 (Foto: Divulgação)

Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e CNPq lançam edital de R$ 15 milhões para apoiar eventos da 20ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT). Os recursos serão destinados a iniciativas de popularização da ciência em âmbito estadual, intermunicipal e escolar. A Semana Nacional é o maior evento de popularização científica do país e será realizada de 14 a 20 de outubro.

O valor da chamada é de R$ 15 milhões, dividido em 3 linhas de apoio: até R$ 150 mil para projetos de âmbito estadual ou distrital, R$ 50 mil para intermunicipais e R$ 20 mil para municipais. Os eventos precisam ser gratuitos e abertos à comunidade e devem seguir o tema desta edição da SNCT: “Ciências Básicas para o Desenvolvimento Sustentável”. Entre as iniciativas apoiadas estão exposições, ciência móvel, portas abertas, seminários, palestras, oficinas, manifestações culturais de cunho científico, mostra de vídeos e feiras de ciência.

De acordo com o secretário de Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento Social do MCTI, Inácio Arruda, a SNCT é o maior evento de popularização da ciência e reúne um conjunto de atores que se mobilizam em torno de um tema. "Nada que se possa produzir em termos de inovação, de tecnologias avançadas, é possível sem as ciências básicas. Neste ano, queremos atingir várias camadas da sociedade, atrair as meninas, os trabalhadores e queremos mais diversidade para trocar experiências e saberes", enfatiza o secretário.

A data limite de inscrição é 10 de julho. O resultado está previsto para ser divulgado em 20 de setembro. Podem inscrever propostas universidades, instituições de pesquisa, escolas públicas e privadas, centros e museus, fundações de apoio à pesquisa, parques ambientais, secretarias estaduais de C&T, empresas, ONGs, entre outras. Uma inovação deste edital é a inclusão de cotas. Do total de projetos contemplados, 30% deverão ser propostas cujos titulares sejam negros. Projetos apresentados por indígenas também terão preferência no edital. Além disso, pelo menos 50% das propostas aprovadas deverão ser coordenadas por mulheres.

A grande missão da SNCT deste ano será fortalecer a popularização da ciência no Brasil e, principalmente, elevar o número de participantes no encontro, que caiu, substancialmente, entre 2020 e 2022. Em 2018, a semana teve recorde de municípios inscritos, foram 1.506 com 193 projetos apoiados. Em 2022, esse número baixou para 599 cidades e 235 projetos. A expectativa com o aporte injetado em 2023 é de apoiar 288 projetos em todo Brasil.

A coordenação nacional da SNCT é de responsabilidade do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. A realização do evento conta com a participação ativa de governos estaduais e municipais, instituições de ensino e pesquisa e entidades ligadas ao tema em cada região.

Confira a íntegra do edital: bit.ly/editalSNCT




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (00)00000-0000

Visitas: 42303
Copyright (c) 2024 - Rádio Web UPE - Uma Rádio da Universidade de Pernambuco