noticias422 Seja bem vindo ao nosso site Rádio Web UPE!

Esporte

Operação Penalidade Máxima: ex-Vila Nova, volante Romário é banido do futebol

Jogador atuou em sete jogos da última Série B pelos goianos

Publicada em 31/05/23 às 14:35h - 45 visualizações

Diario de PE


Compartilhe
Compartilhar a noticia Operação Penalidade Máxima: ex-Vila Nova, volante Romário é banido do futebol  Compartilhar a noticia Operação Penalidade Máxima: ex-Vila Nova, volante Romário é banido do futebol  Compartilhar a noticia Operação Penalidade Máxima: ex-Vila Nova, volante Romário é banido do futebol

Link da Notícia:

Operação Penalidade Máxima: ex-Vila Nova, volante Romário é banido do futebol
 (Foto: Roberto Corrêa/VNFC)
Dois ex-jogadores do Vila Nova foram os primeiros julgados e punidos por envolvimento em manipulação de resultados através da investigação realizada pela operação Penalidade Máxima. Romário, de 21 anos, foi banido do futebol pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva nesta segunda-feira (29). Além dele, Gabriel Domingos, de 22 anos, foi suspenso por 720 dias. Cabe recurso nos dois casos. 

Segundo as investigações, Romário era o pivô do esquema e receberia R$ 150 mil para cometer um pênalti na partida contra o Sport, válida pela última rodada da Série B de 2022. Porém, o volante não foi relacionado para o duelo e passou a buscar novos jogadores para participarem da fraude. 
 
Ao todo, a primeira fase da operação Penalidade Máxima teve 14 denunciados, incluindo oito jogadores. Além dos ex-jogadores do Tigre, Joseph, ex-Tombense, Matheusinho, Allan Godóis, André Queixo, Ygor Catatau e Paulo Sérgio, todos ex-Sampaio Corrêa, também fazem parte da lista. 

Na próxima quinta-feira (1), mais jogadores serão julgados, incluindo Igor Cariús, lateral-esquerdo do Sport, e Paulo Miranda, ex-zagueiro do Náutico. Os dois podem ser punidos com até 720 dias de suspensão e multa que pode atingir R$ 300 mil.

Além dos nomes ligados ao futebol pernambucano, Moraes (Aparecidense-GO), Gabriel Tota (Ypiranga-RS), Eduardo Bauermann (Santos), Fernando Neto (São Bernardo), Matheus Gomes (sem clube) e Kevin Lomónaco (Red Bull Bragantino), também serão julgados pelo STJD, sendo denunciados pela Procuradoria em três artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). 

Igor Cariús, titular do Sport ao longo da temporada, é investigado por partidas da Série A do Campeonato Brasileiro de 2022, quando defendia o Cuiabá. Em 2023, o jogador de 30 anos defendeu o Leão em 29 oportunidades, sendo a última diante do Ituano, no dia 14 de maio, pela Série B. Já Paulo Miranda, que teve seu contrato rescindido oficialmente como Náutico na última quarta-feira (24), já estava afastado do elenco alvirrubro desde abril. O zagueiro também é investigado por jogos do último Brasileirão, quando ainda defendia o Juventude.  



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (00)00000-0000

Visitas: 42307
Copyright (c) 2024 - Rádio Web UPE - Uma Rádio da Universidade de Pernambuco